segunda-feira, 1 de setembro de 2008

O PRESENTE QUE VEIO DO CÉU

Como na história do nascimento de Jesus, três reis magos vieram de longe seguindo uma estrela na busca do messias, trazendo presentes para o prometido. Aquele que iria mudar o mundo. Trazer a boa nova. O filho de Deus.

Quando nascemos uma estrela também brilhou, dando início a uma nova jornada. E nesse nascer, o Universo preparou-nos inúmeros presentes. Não foram somente três, os reis que nos visitaram, recebemos a visita de todo o Universo dentro de nós. Absorvemos, através do nosso primeiro ato de respirar, a energia que iria nos acompanhar por toda esta vida. Naquele momento, nos tornamos o centro, recebendo ao longo dos três primeiros meses de vida o roteiro de possibilidades; a nossa trajetória terrestre. Livre arbítrio e destino intrincadamente misturados.

Os três reis magos da nossa história poderiam ser muito bem representados pela Lua, pelo Sol e pelo ASCENDENTE no mapa Astral. Os pilares do mapa. A tríade que forma a nossa personalidade. O ser, o vir a ser e a sua manifestação no mundo.

No entanto, recebemos muito mais do que isso. O quadro cósmico que se desenhou naquele instante, e a todo o instante se desenha; encerra uma amplitude que nos é difícil conceber. Encerra segredos até para nós, acerca de nós mesmos. A dádiva do nascimento vem com uma proposta, e cada um deve descobrir a sua. Você decide como irá conduzir aquilo que recebeu.

Existem maravilhas a serem descobertas. Disponha-se a isso. Acredite! Não se deixe levar pela crença de que os milagres ocorrem de fonte externa e misteriosa. Tudo vem de você e a você irá retornar. Não deixe a pessoa mais importante da sua vida escapar por entre os seus dedos: VOCÊ.

Aprenda a conhecer e a utilizar aquilo que recebeu; os talentos que adquiriu. Para isso, você deve se reportar ao dentro de você. No princípio onde tudo se encerra.

Empreenda essa viagem. A mais importante da sua vida. Enfrente o seu maior desafio: VOCÊ. Essa viagem ao interior, o centro da terra/matéria de que somos feitos, onde reside o que você é. Viaje pela mente, mas deixe-se tocar pelo coração. Conheça a morada do seu ser, vasculhe cada cômodo, os quartos, o sótão e, principalmente o porão. É ali, onde geralmente encontrarmos os elementos de maior transformação. Enfrentar o nosso porão (simbólico) é promover o crescimento, na medida em que reconhecemos nossos medos. Conhecer o que nos paralisa, destrava os pontos que nos impedem de prosperar.

Siga! Abra a porta, entre e acenda a luz.

Sua viagem está apenas começando.


Por Rosana Sidom - Astróloga e Terapeuta Vibracional




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito Grata pela visita. Seus comentários enriquecem este espaço.